Game PAGO é baseado nas obras de Simões Lopes Neto

A Epopeia, estúdio de jogos de Porto Alegre, está desenvolvendo o game PAGO, uma aventura inspirada nas histórias gaúchas e nos cenários do pampa.

O jogo conta a história de um viajante que está retornando para a sua querência e, nesse caminho, irá se deparar com diversos personagens do folclore gaúcho.

pago_02O ano de 2016 marca o centenário da morte do escritor pelotense João Simões Lopes Neto, cujas obras servem de inspiração para a trama de PAGO. Simões Lopes Neto é considerado o maior autor regionalista do Rio Grande do Sul e sua maior característica literária é valorizar a história do gaúcho e suas tradições.

“Cancioneiro Guasca”, “Contos Gauchescos”, “Lendas do Sul e “Casos do Romualdo” são os quatro livros lançados por Simões Lopes Neto em sua vida, mas o autor só atingiu destaque após sua morte, em 1916. Figuras como Boi Tatá e Salamanca do Jarau, destaques na obra do pelotense, estarão presentes na jornada do game, que também irá explorar outros desafios ao longo da exploração do pampa.

PAGO usa como referência projeto outros games que abordam temáticas locais, como Never Alone, que é baseado na vida e nas lendas de esquimós, e Guacamelee, que abraça elementos da cultura mexicana.

https://www.youtube.com/watch?v=vrysXNIRj3s

Reforço na equipe com roteirista Christopher Kastensmidt
A Epopeia ganhou, recentemente, importante reforço na produção da obra, Christopher Kastensmidt, roteirista norte-americano radicado na capital do Rio Grande do Sul desde 2001. Kastensmidt é autor internacionalmente premiado pela série “A Bandeira do Elefante e da Arara”, além de ter seus livros, histórias em quadrinhos e jogos publicados mundialmente. Christopher foi sócio-diretor da Southlogic Studios e Diretor Criativo da Ubisoft, além de participar de diversos projetos de destaque, como Starlit Adventures, game com 5 milhões de usuários em que ele foi Roteirista de Transmídia.

“A primeira vez que me apresentaram o PAGO, me encantei com o projeto. É um game de temático universal e uma linda ambientação regional que vai chamar muita atenção pela originalidade. Tenho certeza que vai ser um sucesso internacional, e fico honrado com o convite de fazer parte do time”, destacou Christopher.

“Estamos inserindo um ‘veterano’ camisa 10 na equipe, um amigo que possui 20 anos no mercado de games mundial e que conquistou basicamente tudo que qualquer desenvolvedor brasileiro sonha em conseguir”, destacou Ivan Sendin, sócio fundador da Epopeia. Sendin também destaca o conhecimento que Kastensmidt possui sobre a cultura e folclore brasileiro. “Ele chega dando uma cara internacional ao projeto, sem desrespeitar a nossa cultura”, concluiu.

pago_01O material ainda está em desenvolvimento e deve ser lançado oficialmente no final de 2017 para computador e, futuramente, para plataformas como Playstation e Xbox. No momento, a Epopeia procura empresas para financiar o projeto de PAGO. Aqueles que tiverem interesse em participar do projeto terão sua marca vinculada ao jogo e que, por consequência, será levada aos mais diversos eventos que entrarem no calendário de divulgação do material no próximo ano.

Fonte: Grazieli Gotardo – Reverso Comunicação Integrada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *