Juliano Guerra toca o disco “Construção” de Chico Buarque

0
426

Mantenedores

por José Antonio Magalhães

Amanhã (8 de maio), Juliano Guerra se apresentará no João Gilberto Bar tocando dois discos clássicos da MPB. O primeiro é “Construção”, talvez o disco mais importante de Chico Buarque e recheado de canções clássicas como “Cotidiano”, “Samba de Orly”, “Valsinha” e a faixa título. O segundo, bastante menos famoso (a exceção da sua faixa título, que virou hino), é “Eu quero é botar meu bloco na rua”, do Sérgio Sampaio, compositor considerado maldito na sua geração, junto com figuras como Jards Macalé, Itamar Assumpção e Luís Melodia.

O projeto “Toca o disco inteiro aí!”, da produtora Satolep Circus, já reuniu artistas pelotenses para fazer coveres completos de discos clássicos como “Nevermind” do Nirvana, “Is This It?” dos Strokes e “Whatever people say I am, that’s what I’m not” dos Arctic Monkeys, além do “Transa”, de Caetano Veloso, que foi apresentado mês passado pelo próprio Guerra.

A apresentação antecederá a clássica discotecagem da DJ Helô.

Para quem não conhece Juliano Guerra ou não conhece Sérgio Sampaio, vale a pena o vídeo do primeiro tocando a canção “Roda Morta”.

SEM COMENTÁRIO