Livro sobre procedimentos litográficos é lançado em Pelotas

Hoje, 9 de março, às 17h, acontece o lançamento do livro “Impressões, acúmulos e rasgos: procedimentos litográficos e alguns desvios” na Livraria da UFPel.

Helena Kanaan, artista visual, pesquisadora e professora, lançará em Pelotas o livro “Impressões, acúmulos e rasgos: procedimentos litográficos e alguns desvios” (Editora da UFRGS, 2016). A obra contempla técnica, poética e referenciais, propiciando ao leitor contato com elementos do processo criativo da artista.

Helena Kanaan foi por muitos anos professora no Centro de Artes da UFPel, e nesta semana retorna à Pelotas para apresentar seu livro e conversar com colegas, alunos, ex-alunos, amigos e comunidade em geral.

“Impressões, acúmulos e rasgos: procedimentos litográficos e alguns desvios” (Editora da UFRGS, 2016) é resultante da pesquisa em poéticas visuais desenvolvida pela artista, uma escrita que abarca poiética, reflexões acadêmicas e técnica litográfica. O livro caracteriza-se como relevante bibliografia em litografia e no pensar a gravura.

Dando sequência ao lançamento, no dia 10 de março acontecerá uma conversa com a autora acerca da investigação em arte que originou o livro e outros projetos de pesquisa, no Espaço Cultural Hello Hostel.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

O livro foi produzido durante o doutorado de Kanaan no Programa de Pós-graduação em Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS e Faculdade de Belas Artes da Universidade Politécnica de Valência (UPV). No desenvolvimento do livro, a autora conta que se propõe ao desafio técnico, mas não a uma rigidez; expõe suas percepções, por vezes comparando o que vivenciou em seu ateliê de litografia na cidade subtropical de Porto Alegre e o que experimentou nos áridos ateliês da UPV na Espanha.

Trata-se de trabalho poético reflexivo, que versa sobre o silêncio das reações químicas e físicas das matérias (como o látex, lápis gordurosos, tinta de impressão ou tousche), e das percepções do eu, dos espaços e dos corpos – da artista e dos objetos. Ao longo da obra, Helena Kanaan compartilha com o leitor as sensações e as impressões que dão ritmo à práxis artística, no quanto o ambiente interfere no artista e no resultado da obra. Com referência na “Fenomenologia da percepção”, do filósofo francês Maurice Merleau-Ponty, na noção do homem como agente transformador (que sente, pensa e age) e também como um ser que é transformado pelo universo em que vive, a artista escolheu, para a criação e manipulação das litografias, o papel de Kozo (composto de fibras longas e finas) no desafio de reproduzir a delicadeza da pele, para ao longo da prática, contrastar com o uso do látex, o que é aparência e o que é interior, o que é pele e o que é carne, sugerindo o embate do nosso corpo com o corpo mundo.

Kanaan define-se para essa experimentação, como uma artista litográfica que pensou cuidadosamente nos materiais para produzir visualmente um processo. “Não procuro o idêntico, singularizo cada folha impressa, penso que cada exemplar é um outro corpo”, comenta sobre seu fazer.
O livro caracteriza-se como relevante bibliografia em litografia e no pensar a gravura, dirigido para artistas, pesquisadores, profissionais e estudantes de artes visuais e design, mas também para aqueles que querem acompanhar o movimento de um ato criativo. Traz referências nacionais e internacionais de obras, artigos, revistas, periódicos, catálogos, manuais históricos e manuais práticos da gravura.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Sobre a autora:
Helena Kanaan é artista visual, especialista em gravura pela Scuola d’Arte Grafica Il Bisonte, Florença, Itália; mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde é professora e pesquisadora pelo CNPq. Doutora em Poéticas Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS, e Universidade Politécnica de Valência, Espanha. Foi professora do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas de 1991 a 2013.

Lançamento do livro “Impressões, Acúmulos e Rasgos: Procedimentos litográficos e alguns desvios”
Quando? 9 de março de 2017 às 17h
Onde? Livraria da UFPel, Rua Benjamin Constant, n. 1071, Porto

Conversa com Helena Kanaan
Quando? 10 de março às 16h
Onde? Hello! Hostel Design, Rua Quinze de Novembro, 958

*Evento integrante do Projeto de ensino “Ensinar e aprender no atelier de gravura da UFPel”, Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas.
Apoio: Livraria da UFPel, Hello! Hostel Design, Aromas & Sabores Alimentos Especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *