Música, Arte, Tecnologia e Educação – MATE 2017 em Porto Alegre

0
419

Mantenedores

 

Nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, Porto Alegre recebe a segunda edição do MATE Encontro da Música e Economia Criativa da América do Sul.

Durante três dias a capital gaúcha será a rota de importantes players do mercado da música e da economia criativa do Brasil e de diversos países, conectando-se e compartilhando.

Fotos: Vitória Macedo
Fotos: Vitória Macedo

O MATE – 2º Encontro da Música e Economia Criativa da América do Sul – apresentará uma programação diversificada, para maior compartilhamento de informações, conhecimentos e experiências, além da geração de potenciais novos negócios.

Entre as atividades programadas estão painéis, debates, rodadas de negócios, showcases, exibição de documentários, lançamento de livros, meditação e festas que ocuparão diferentes lugares da cidade como a Fundação Iberê Camargo, Dado Bier Bourbon Country, Espaço Cultural 512, Groova e Agulha.

O evento receberá convidados nacionais e internacionais, artistas, empreendedores, educadores, representantes de instituições privadas e públicas à estudantes e o público interessado.

> Ingressos
Os ingressos para os painéis podem ser adquiridos através do aplicativo Onni. Acesso via http://www.mate2017.com.br/#home

> Painéis previstos
– Educação, inovação e criatividade: Quais as reais iniciativas inovadoras e como identificar os seus resultados na formação da mudança
– Áudio + vídeo + novas mídias: Com o surgimento de novas tecnologias, quais as novas mídias, sua interatividade e convergências digitais
– Novos movimentos e a cena da música eletrônica: A nova era da música. Como coletivos movimentam a cena local e quais os produtores brasileiros que se destacam atualmente
– O auge dos festivais: Uma série de novos festivais vem nascendo. Quais continuam crescendo e ampliando o seu território de atuação pelo mundo. Como funcionam os diferentes modelos de negócios e quais são as suas oportunidades
– Sexualidade na arte: Corpo, gênero, nudez e empoderamento. As novas cores e suas novas vozes
– Qual o valor do dinheiro e da propriedade de uma marca: Quanto vale o conceito visual aliado à sua identidade e referências. É possível rentabilizar sem se perder pelo caminho?
– A Música da América do Sul: A rica multiplicidade da música e os diferentes estilos musicais dos países da América do Sul
Quais são e como as novas tecnologias estão mudando o mundo?

> Convidados
Abaixo, nomes já confirmados:

CLAUDIA ASSEF (São Paulo/SP) | Jornalista, escritora, fundadora do Women’s Music Event, editora do portal Music Non Stop, idealizadora do WME Awards by Vevo e autora do livro “Todo DJ Já Sambou”.

ROGÉRIO PEREIRA BRITO (Salvador/BA) | Fundador da Bigbross Produtora e do selo Bigbross Records, produtor do Dubliners Irish, tour manager e DJ.

RICARDO RODRIGUES (São Paulo/SP) | Manager do Liniker & Os Caramelos, conselheiro da SIM/SP, radialista e produtor audiovisual. Articulador da Rede Brasil de Festivais e da Rede P10 – Casas de Shows de Música Autoral.

MAITHE BERTOLINI (São Carlos/SP) | Diretora e coordenadora de programação do Festival CONTATO, programadora do Espaço Cultural GIG em São Carlos e responsável pela produção na agência Let’s GIG Booking & Music Services.

WILLIAM MENDONÇA (Fortaleza/CE) | Gestor e produtor cultural, diretor dos Festivais Noites Brasileiras e do Ecléticos Livre. Responsável por projetos e eventos que contemplam diversas categorias artísticas, priorizando o impacto e a relevância cultural.

MAX DE LA FUENTE (Santiago/Chile) | Fundador & CEO da Groovelist, plataforma desenvolvida no Chile, atuante em toda a América Latina, que conecta músicos com festivais, casas de shows, rádios e feiras de negócios.

ALEXANDRE ROSSI (Rio de Janeiro/RJ) | Diretor Artístico do Circo Voador, clássica e histórica casa de shows brasileira. Além de palco para espetáculos, o Circo sempre promoveu atividades e iniciativas voltadas à educação e outras artes, tornando-se parte da história da cultura brasileira.

GUTA BRAGA (São Paulo/SP) | Consultora, palestrante e empreendedora, especialista em Direito Autoral, trabalhou nas majors e empresas de tecnologia como: Warner/Chappell, Sony ATV, Sony Music, Imusica, BMG, Universal e Nokia. Ministra o curso: Música e Negócios – Empreendedorismo e Inovação, na PUC/RJ.

FABRICIO NORONHA (Vitória/ES) | Artista e empresário. Diretor do Festival Lab.Infinitas, principal festival de artes integradas do Espírito Santo. Atua, no território nacional, produzindo conteúdo e projetos na área de tecnologia, educação e cultura. Articula a Rede Pulso de empreendedores criativos. Fala sobre economia criativa e música toda quarta-feira, 17h30, na Band News FM. Lançou o livro de poemas “Sangue Som Fogo”.

DANIEL BACCHIERI (São Paulo/SP) | Jornalista, produtor audiovisual e criador do StreetMusicMap, uma das plataformas mais ativas sobre música de rua do mundo. Bolsista do programa de Empreendedorismo em Jornalismo do Tow-Knight Center, da The City University of New York (CUNY). Curador de música de rua em eventos de economia criativa como Festival Path, O.bra Festival, SIM São Paulo (Semana Internacional de Música de São Paulo), Prêmio Brasil Criativo e Caminhos da Música.

FRANCISCO CERENO (Belo Horizonte/MG) | Ativista cultural, consultor para turnês internacionais e organizador de projetos de intercâmbio cultural, desenvolvendo uma rede internacional para apoiar jovens profissionais na ONG Embaixada Cultural. Coordenador da Música Mundo, a primeira feira internacional de negócios da música em Minas Gerais.

DILSON LAGUNA (São Paulo/SP) | É formado em Performance e Music Business pela London College of Music, fundador e diretor da Flow Creative Core, empresa responsável pela marca Sofar Sounds no Brasil. Coordena as produções executivas em cada uma das doze cidades onde está o projeto: Aracaju, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Belém, Maceió, Goiânia, Curitiba, Florianópolis, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro. A Flow também é responsável pela vinda do Festival Jazz Re:freshed para o Brasil.

LEONARDA GLÜCK (Curitiba/PR) | Atriz, dramaturga, performer, curadora e diretora teatral graduada pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP). Artista residente e fundadora do Espaço Cultural Casa Selvática desde 2012 (Curitiba). Diversas vezes premiada pela Fundação Cultural de Curitiba, pela Fundação Nacional das Artes e por programas como o Rumos Itaú Cultural. Em 2016, lançou o seu primeiro livro de dramaturgia, “A Perfodrama de Leonarda Glück – Literaturas Dramáticas de Uma Mulher (Trans) de Teatro”.

PAULO ANDRÉ PIRES (Recife/PE) | Idealizador e produtor do “Abril Pro Rock”, festival realizado anualmente em Recife desde 1993. Produziu e realizou turnês internacionais com: Chico Science & Nação Zumbi, Cabruêra, DJ Dolores : Aparelhagem, Nação Zumbi, Siba e a Fuloresta, Cascabulho, entre outros.Realizou turnês brasileiras de artistas como: Vive la Féte, Lee “Scratch” Perry, The Charlatans, dEUS, Jon Spencer Blues Explosion, Aterciopelados, entre outros. Foi co-produtor do Porto Musical, conferência internacional de música e tecnologia, em parceria com a Womex – World Music Expo. Conselheiro do Porto Digital.

Fonte: Fernanda Calegaro

Fotos: Vitória Macedo
Fotos: Vitória Macedo

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA