Não vender cigarros por Roni Quevedo

Não vender cigarros.
Uma simples frase. Três palavras.
É mais que uma frase. Muito mais. Não é tão simples assim.
Começa com o preparo da terra para receber sementes do fumo.
E termina com a Vida de muitas pessoas. Muitas Vidas.

Neste ínterim, uma complexa enormidade de fatos entremeando questões de saúde pública, ecológicas, econômica e jurídica de difícil resolução mas de enriquecimento fácil da indústria do tabaco.
Sacrifica durante seu cultivo e coleta o fumicultor e toda sua família.

Contamina o ar, a água e o solo, destruindo imensas áreas que dificilmente serão adequadamente recuperadas, comprometendo o equilíbrio do meio ambiente.

Para a industrialização do cigarro extensas áreas são utilizadas para o plantio de árvores com finalidades de fornecer carvão e papel.

E tem mais.

Além dos fumantes ativos, considere os fumantes passivos e o fumo de terceira via. Às bitucas (baganas, aquele lixo, o resto do cigarro), para ele ainda não existe uma forma adequada para seu destino. Contamina solo e água.

Não vender cigarros, evita 25% do total de incêndios ocorridos em zonas rurais e urbanas ocasionados pelas bitucas/baganas.

Não vender cigarros é uma forma de evitar o desmanche da natureza. 12% do desmatamento Mundial, é produto da cultura (plantar e fumar) do fumo.

Não vender cigarros. Não é tão simples assim. É um projeto bem maior, é uma atitude preventiva nunca vista, é proteção universal em todo e qualquer sentido.

É utopia? Até pode ser. Mas o dia de hoje, ontem era grande utopia.

Não vender cigarros, é muito mais do que somente “não vender cigarros”.

Roni Quevedo, Médico, Coordenador do Programa UCPel Mais Saudável.

Para os fumantes, que desejam parar de fumar, temos informações. Tabagismo é uma doença pediátrica, tem seu início bem antes dos 18 anos.

É uma doença diferente, o portador/dependente querendo realmente e, com auxílio terapêutico pode chegar a cura definitiva. É oferecido pelo SUS.

Em Pelotas, o fumante pode procurar ajuda:

– Conselho Municipal de Saúde – Rua Três de Maio, 1060 – fone 3227.6555 // no CAPS AD – Rua D. Pedro II, 813 fone 3222.3350 // no UBS do seu Bairro.

Outras informações poderão ser obtidas no Programa “UCPel Mais Saudável” – fumo ZERO! – Universidade Católica de Pelotas – Rua Anchieta, 1274 – fone 2128.8067.

O tabaco no Brasil:
– o Governo arrecada R$13 bilhões com impostos e GASTA R$56,9 bilhões em despesas médicas e perda de produtividade.
– mata 428 pessoas diariamente!

Não vender cigarros, é para poucos que possuem qualificação de respeito humano e ao meio ambiente.

Não vender cigarros é vontade de muitos, mas a realização e coragem de fazer, é de poucos.  

Não vender cigarros é atitude de ser humano!

!- Essa publicação é uma parceria do ecult com o Dr. Roni Quevedo, médico, Coordenador do Programa UCPel Mais Saudável, e tem apoio do Posto São José.

Foto: Chandrakanth Elancheran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *