O Cinema do Pelotense P. F. Gastal

Pelotas parece confusa quando o assunto é cinema. Nas últimas décadas, nossos cinemas transformaram-se em igrejas, mercados e prédios abandonados, e, após virar estacionamento, o Cine Capitólio – último cinema de calçada em funcionamento – a cidade conta agora apenas com três salas de projeção no “shopping” Calçadão.

Na contramão dos acontecimentos, pelotas agora têm faculdade de cinema, realizou há poucos dias a primeira edição do Festival de Cinema Manuel Padeiro, conta com o reconhecido trabalho da Moviola Filmes e com a recém divulgada chegada da Vertente Filmes.

Sala P. F. Gastal em Porto Alegre
Sala P. F. Gastal em Porto Alegre

Mas é de conhecimento de poucos a história de P. F. Gastal (1922-1996), pelotense considerado o maior crítico de cinema que o Rio Grande do Sul já teve, e cultuado entre os cinéfilos de todo Estado, em especial Porto Alegre, onde há dez anos existe em homenagem à P. F. Gastal uma sala de cinema mantida pela Secretaria Municipal de Cultura.

Quem foi Paulo Fontoura Gastal

Fonte: clicrbs
Foto: clicrbs

Nascido em Pelotas, o jornalista Paulo Fontoura Gastal, responsável pela formação de várias gerações de cinéfilos, começou a publicar seus artigos em 1941, passando pelos mais importantes veículos de imprensa do estado. Principal mentor do Clube de Cinema de Porto Alegre, que ajudou a criar em 1948, e um dos idealizadores do Festival de Gramado, P. F. Gastal, como era conhecido por seus leitores e admiradores, encarava o cinema como a maior de todas as artes e notabilizou-se por defender o filme de autor diante das exigências do cinema comercial.

Sala P.F. Gastal
pf_gastal3A Sala P. F. Gastal, cinema criado e mantido pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, foi inaugurada em maio de 1999 e consagrou-se durante este período como um espaço de divulgaçãopermanente do cinema brasileiro, bem como do cinema latino-americano e europeu, realizando lançamentos, ciclos temáticos e projetos especiais de exibição, com destaque para as sessões dos projetos Raros e o Rock no Cinema, entre outras iniciativas.
Localizada no terceiro andar da Usina do Gasômetro, a Sala P. F. Gastal tem 118 lugares e está equipada com um projetor de última geração, da marca alemã Kinoton, com capacidade de exibir filmes tanto na bitola de 35mm quanto na de 16mm. Contando ainda com som Dolby Stereo e ar condicionado central, é um cinema que oferece ao espectador conforto e qualidade de projeção. A sala funciona de terças a domingos.
Visite: http://salapfgastal.blogspot.com

Deco Rodrigues
Equipe e-Cult
Publicado em 12 dezembro 2009
.