Pablo Rodrigues lança “O livro das datas perdidas”

O jornalista e editor-chefe do Diário Popular, Pablo Rodrigues, lança nesta sexta-feira (14), às 19h, na Bibliotheca Pública Pelotense (BPP), “O livro das datas perdidas (pequenas estórias).”

A obra é composta por 32 pequenos contos que transitam por diferentes modos de contar, mas sempre com um fio condutor essencial: a busca pela poesia entre o encantamento e o perigo de viver.

Ao longo dos textos, desfilam personagens simples e profundos, feitos de carne, osso e delicadeza, como bem salienta o escritor Aldyr Garcia Schlee no prefácio do livro: “Como esquecer a temerosa e ingênua ternura da menininha de Eu pé de laranja? O esperançado Felício, de Transfiguração? O ímpar ilustrado de À memória de Morgado? O velho pescador sem cicatrizes de Não, nenhuma? A ensimesmada Marília de Marília e Francisco? A quase-nada vó Arminda, morta a 12 de setembro (outra data), de Nós, os seus? O doidinho Gabriel, de Para sempre, que vivia de restos de sorrisos? O menino Marcos, de O Assombro, que enxergava as portinhas de entrada da morte-Morte? E a feinha e esperançosa Manuela, de Uma oração? E ainda a tresloucada Maria das Flores de Das Flores e dos Sinos? Tudo pura gente, pura gentezinha de cortar o coração!”

Espalhados, “perdidos” pela obra, há contos que têm, em lugar de um nome formal, uma data. De acordo com o autor, as datas não são aleatórias e, em alguns casos, podem servir como chave de leitura para o texto. “A intenção é dar ao leitor o gosto da inquietação e do estranhamento com as datas no título e fazê-lo, pela linguagem, mergulhar nas estórias com a curiosidade de uma criança”, afirma Pablo Rodrigues.

Por falar em curiosidade, o livro faz referência – a maior parte delas velada – a autores como Jorge Luis Borges, Mario Benedetti, João Guimarães Rosa, Raduan Nassar e Ferreira Gullar. Descobri-las, em meio aos contos, é também, de alguma forma, acessar outra camada narrativa, outra possível chave de leitura.

lançamento de “O livro das datas perdidas (pequenas estórias)”, de Pablo Rodrigues
Quando: sexta-feira, dia 14 de outubro, às 19h
Onde: Bibliotheca Pública Pelotense
Quanto: R$ 40,00 (A livraria Mundial levará máquina de cartão para o evento).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *