Preservação Ambiental – Rastro faz ação na região do Porto em Pelotas

0
469

Mantenedores

Aplicação de garça-branca em fachada da Conde de Porto Alegre chama a atenção para preservação ambiental.

Foto: Nauro Júnior
Foto: Nauro Júnior

O projeto Cidade Selvagem, desenvolvido pelo Rastro, fez mais uma ação ontem(27), dentro das ações do Porto das Artes. A colagem do lambe-lambe de uma garça branca, de 28 metros quadrados, aconteceu na Rua Conde de Porto Alegre, entre as ruas Santa Cruz a Almirante Barroso. A ideia do projeto traz a mensagem dos bichos invadirem a cidade, fazendo parte do cotidiano urbano e despertando a conscientização ambiental para comunidade. “Através da comunicação ambiental estas ações querem estimular a preservação, o conhecimento e o respeito à biodiversidade”, explica Gustavo Fonseca – Gumafo, um dos integrantes do projeto.

PORTO DAS ARTES – A ação de hoje integra as ações do Porto das Artes, dentro do projeto de revitalização da orla portuária capitaneado pela Sagres e CMPC Celulose Riograndense. Neste contexto, o Rastro realiza oficinas em seis escolas do bairro Porto, além de colagens (lambe-lambe) sobre animais nativos do sul do Rio Grande do Sul. Em janeiro a colagem de um graxaim impactou a região, com a imagem de 72m² colado no silo da empresa Sagres.

Foto: Nauro Júnior
Foto: Nauro Júnior

Fonte: Gabriela Mazza
Jornalista – MtB: 9838
Satolep Press – Comunicação e fotografia

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA