Jorge Aragão “O Poeta do Samba” no Theatro Guarany em Pelotas

Jorge Aragão pela 1ª vez no Theatro Guarany, 1º de dezembro de 2017 (sexta-feira) às 21h. O lote promocional encera as vendas no dia 07 de novembro.

Dono de um talento incomum, além de romântico e espirituoso, Jorge Aragão é, sem dúvida, uma pessoa fascinante, com plena convicção de sua trajetória terrena e que sabe como poucos retribuir tudo o que recebeu nos seus 40 anos dedicados à MPB.

22549483_1466893206758770_4466349188004495737_nNascido no subúrbio de Padre Miguel, Rio de Janeiro, Jorge Aragão da Cruz é cantor, sambista e compositor de inúmeros sucessos. Quase todos os grandes intérpretes de samba (Beth Carvalho, Alcione, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, etc) têm suas canções no repertório.

Jorge Aragão “O Poeta do Samba” Pelotas
Quando? 1º de dezembro de 2017 (sexta-feira)
Hora? 21h
Onde? Theatro Guarany
Antecipados: Ótica Lume – Rua 7 de Setembro, 376 – Centro – Pelotas/RS

Roda de Samba pós Show
Logo após o show, uma grande roda de Samba tomará conta de todos os recintos do Theatro Guarany, em comemoração ao Dia Nacional do Samba, dando prosseguimento a essa noite histórica.

Atrações confirmadas para o Pós Show:
+ Fábio e Felipe Saraiva
+ Grupo Renascença
+ Convidados especiais

Ingressos Pós Show
R$40,00 (1º Lote)

Ingressos Jorge Aragão + Pós Show
PLATEIA ALTA (1º lote): Meia entrada* R$70 | Assinantes DP + acompanhante R$98 | inteira R$140
PLATEIA CENTRAL (1º lote): Meia entrada* R$90 | Assinantes DP + acompanhante R$126 | inteira R$180
PLATEIA GOLD (1º lote): Assinantes DP + acompanhante R$140 | inteira R$200
PLATEIA PREMIUM (apenas a primeira fileira do Teatro, com acesso ao Camarim): R$220
*Valor com ingresso do Pós Show incluso.
*Meia entrada para estudantes, idosos e professores mediante apresentação de documentos comprobatórios.
CAMAROTES (1° lote)
1ª ordem: R$600 (fechado para 5 (cinco) pessoas)
2ª ordem: R$400 (fechado para 5 (cinco) pessoas)

Demônios da Garoa no Theatro Guarany em Pelotas

Demônios da Garoa, dia 13 de agosto, domingo de dia dos pais, em Pelotas. Ingressos antecipados já estão disponíveis na Ótica Lume.

demonios_da_garoaDepois do grande sucesso de público em 2015, um dos mais tradicionais e queridos grupos de samba do país retorna até Pelotas. “Demônios da Garoa” lenda viva da musica brasileira, tem a “cara” de São Paulo, mas para isso, foi necessário encontrar um estilo, uma marca muito própria, a forma original de interpretar com humor o falar do cotidiano do povo paulista, que, hoje, todo mundo conhece através de mais de sete décadas da carreira deste surpreendente e animado grupo. É com especial humor, vocais e arranjos bem estruturados, repertorio exclusivo, que os “Demônios da Garoa” comemoram 70 anos em 2013, com estilo, provocando em cada apresentação, um entusiasmo singular na platéia. Agradam desde os mais antigos que acompanham a carreira, até os mais novos fãs, que descobriram a alegria e a personalidade marcante do Grupo, com suas vozes inconfundíveis.

Os muitos prêmios e honrarias concedidos ao Grupo incluem os troféus Roquete Pinto e Chico Viola, o premio Sharp de musica (1995), o premio Ary Barroso (1998), a medalha Anchieta da Câmara Municipal de São Paulo, o Disco de Ouro pelo CD – 50 anos – (1994), e é claro, o reconhecimento do Guiness Book, edição de 1994, como o Grupo mais antigo e em atividade no mundo.

Demônios da Garoa em Pelotas
Quando? 13 de agosto – domingo – Dia dos Pais
Hora? 20h30min
Abertura do Theatro: 19h30min
Onde? Theatro Guarany
Ingressos Antecipados? Ótica Lume – Rua 7 de setembro, 376 esquina General Osório.
Ingressos on-line: www.blueticket.com.br

 

“Uma noite na Lapa” aprenta música e dança da noite carioca em Porto Alegre

Evento terá baile, micro aula de samba e performances de bailarinos, dia 05 de novembro, às 21h.

Caminhar pelas ruelas da Lapa e ouvir o som bem brasileiro que ecoa de cada espaço cultural do bairro é uma das experiências gratificantes de uma visita ao Rio de Janeiro.

Pensando em trazer para Porto Alegre essa sensação e a boa música que por lá circula é a ideia do espetáculo “Uma noite na Lapa” que acontece no dia 05 de novembro (sábado), às 21h no MEME Santo de Casa – Estação Cultural. Será uma noite dedicada ao samba de gafieira com dançarinos, banda ao vivo e baile com micro aula de samba para o público em geral.

Fotos e arte: Ao Vivo Produções
Fotos e arte: Ao Vivo Produções

A noite começa descontraída, com um aperitivo para o brinde! Em seguida, um casal de dançarinos apresenta uma performance, convidando o público para uma micro aula de salão. E o baile segue com músicos de peso: Ricardo Cordeiro (violão e voz); Luciana Pauli (voz); Cezar Moraes (baixo); Duda Godolfin (bateria). Durante a noite, o casal de dançarinos Maique Carvalho e Hanna Dutra fazem intervenções, dançando entre si e com o público. No repertório estará Chico Buarque, João Nogueira, Paulinho da Viola, Elis Regina, Paulo Cesar Pinheiro, Noel Rosa, Jorge Aragão, Alcione, Emílio Santiago. Dia 05, sábado, a Cidade Baixa vai ter a sua noite de Lapa!

Uma noite na Lapa
05 de novembro (sábado), às 21h
Sala Thais Freitas – Memem Santo de Casa
Rua Lopo Gonçalves, 176 – Cidade Baixa – Porto Alegre
Ingresso: R$ 30,00 / Antecipado R$ 25,00 (com descontos previstos em lei)

Ficha técnica:
Ricardo Cordeiro – violão/voz / Luciana Pauli – Voz / Cezar Moraes – Baixo / Duda Godolfin – Bateria
Maique Carvalho – Dançarino / Hanna Dutra – Dançarina / Produção e direção: Ao Vivo Produções / Classificação: Livre / Duração: 4h

Fonte: Bebê Baumgarten / BD Divulgação

Diogo Nogueira no Centro Português em Pelotas

Diogo Nogueira apresenta seu mais novo show no Eu Amo Samba – Edição Pelotas, dia 10 de setembro – sábado, pós 21h.

Foto: Marcos Hermes
Foto: Marcos Hermes

Filho do sambista João Nogueira, Diogo acostumou-se desde cedo a ser embalado por choros e sambas. João costumava levar o filho para cantar em seus shows e logo vieram os convites para participar de rodas de samba do Rio, hábito que lhe rendeu respeito e aprovação dos “bambas” da música. Desde pequeno, queria ser jogador de futebol e chegou a treinar na categoria de base de clubes no Rio de Janeiro e em Porto Alegre, mas uma contusão no joelho fez Diogo mudar de ideia e a música popular brasileira ganhou um grande artilheiro.

Eu Amo Samba | Edição Pelotas
com Diogo Nogueira
Onde? Clube Centro Português
Quando? 10 de setembro – sábado
Hora? 21h
Evento no Facebook: www.fb.com/events/165562377192974/

VALORES

Pista 1º Lote Solidário (Primeiros 300 ingressos) Super Promocional
R$ 20,00 + 1 Litro de Leite Integral – Longa Vida

Pista 2º Lote
R$ Em Breve!

> Área Vip
R$ 70,00 Inteira
R$ 35,00 Meia Entrada (Estudantes, Professores, Pessoas com mais de 60 anos, PNE, Assinantes do Diário Popular + acompanhante, Sócios do Clube Centro Português + acompanhante

> Área Vip Solidária
R$ 35,00 + 1 Litro de Leite Integral – Longa Vida

> Camarote (Mezanino)
R$ 60,00 (Espaço Gourmet com atendimento especial e serviço de sushi limitado)

> Cadeira Premium
R$ 200,00 (com acesso ao camarim)

> Mesas Gold
R$ 520,00 (para 4 pessoas, com Espaço Gourmet)

> Camarote Diamante 1 | Vendido!
> Camarote Diamante 2 | Disponível
R$ 5.000,00 (Espaço para 20 pessoas com 5 combos de whisky Black Label + vodka Absolut + 30 Energéticos Red Bull + serviço de sushi limitado)

Ingressos Solidários:
Não esquecer de levar 1L de Leite Integral (Longa Vida) no dia do show, caso contrário será cobrado a diferença para alcançar o valor de Entrada Inteira.

Ingressos Meia-Entrada:
Não esquecer de levar seu comprovante, referente ao seu direito de meia-entrada, no dia do show, caso contrário será cobrado a diferença para alcançar o valor de Entrada Inteira.

Estacionamento privado com segurança, espaço gourmet, equipe de garçons, ambiente climatizado e melhoria de 100% na acústica, um Clube Centro Português como você nunca viu. A lotação do Clube Centro Português é de 5 mil pessoas, mas para o maior conforto do público presente, disponibilizaremos o número de 2 mil ingressos.

Antecipados: Ótica Max (R. Mal. Deodoro, 715 B)
On Line: http://www.blueticket.com.br/?e=17828&interno=178185

Mapa do Evento
Mapa do Evento

Eu Amo Samba | Edição Pelotas

Sempre pensando em inovação e em proporcionar boas opções em entretenimento ao seu público, a Tri Produções realiza o Eu Amo Samba | Edição Pelotas.

Nesta primeira edição teremos o prazer de trazer a nova turnê do grande sambista Diogo Nogueira, show que será realizado no Clube Centro Português, com ambiente totalmente climatizado, estacionamento próprio e segurança.

Visando agradar aos mais variados públicos, ofereceremos cinco opções de ingressos: Pista, Área Vip, Mesas Gold, Espaço Premium e duas opções de Camarotes.

Pelotas é uma cidade tradicionalmente apaixonada por samba e por isso mesmo o Eu Amo Samba | Edição Pelotas é um evento que veio para ficar. Para sua segunda edição o nome cotado é a maravilhosa Beth Carvalho.

Foto: Marcos Hermes
Foto: Marcos Hermes

“Alguns homens, algumas mulheres – samba, amor & boemia” encerra temporada em Porto Alegre

Zé da Terreira e Martina Fröhlich dividem o palco com os músicos Flávio Peres, Amadeu Medina, Artur Klassman, Vini Silva e Tales Melati no espetáculo que comemora os 70 anos de Zé da Terreira.

Em apenas quatro edições, o espetáculo “Alguns homens, algumas mulheres – samba, amor & boemia”, mostrou a que veio em shows intimistas e muito elogiados na Casa de Teatro de Porto Alegre, no Teatro Carlos Carvalho, da CCMQ e, por fim, no Espaço 512. Para encerrar com chave de ouro esta mini temporada, a última apresentação será dia 15 de novembro, domingo, e se inicia no final de tarde, na Zona Sul de Porto Alegre, no novíssimo Espaço Maestro. Neste último show haverá as participações muito especiais do grupo Bate e Sopra e discotecagem de Thiago Lazeri.

43419O espetáculo musical comemora os 70 anos de existência do ator, cantor e compositor Zé da Terreira, que tece a trama de suas paixões ao lado da atriz e cantora Martina Fröhlich em uma noite de samba e boemia. Em uma ode ao desejo em todas as suas formas, os intérpretes conduzem a plateia com leveza, encantamento e bom humor pelo universo do cancioneiro popular brasileiro, passeando pela obra de compositores como Noel Rosa, Dorival Caymmi, Caetano Veloso, Chico Buarque, Céu, dentre outros. No acompanhamento luxuoso estão Amadeu Medina, Artur Klassman e Vini Silva na percussão, Tales Melati na flauta e saxofone e Flávio Peres no violão e voz, todos artistas do movimento do samba, teatro e dos blocos de rua de Porto Alegre

O ponto de partida de “Alguns homens, algumas mulheres” é o encantamento do primeiro encontro, da descoberta do ser amado. O envolvimento entre os amantes transmuta-se de diversas formas através da interpretação teatral de Zé e Martina e da narrativa das canções. Além do samba, eminente no espírito do espetáculo, marchinhas, ijexás, boleros, frevos e batuque trazem riqueza musical aos sentimentos que protagonizam a trama de forma colorida e fluida. Nessa celebração profana ao amor a plateia vibra com o ritmo, intensidade e irreverência dos protagonistas, mergulhando também em momentos dramáticos, introspectivos e sublimes, que mostram que por mais os diversos os caminhos do afeto, são eles que temperam a vida.

Foi em 2014, cantarolando a música “A Vizinha do Lado” de Dorival Caymmi, que Zé da Terreira descobriu seu desejo em resgatar a sutileza das relações e dos jogos amorosos, muito presentes nas composições da música popular brasileira. Convidou então o violonista Flávio Peres para acompanhá-lo na aventura e começaram a garimpar o repertório do show. Somou-se a eles Martina Fröhlich, trazendo o elemento feminino ao grupo, começando a esboçar-se uma narrativa a partir das canções. Para coroar o time, Amadeu Medina e Artur Klassman trouxeram o conhecimento rítmico que traz o balanço do show. Em 2015 a banda passou a contar ainda com o percussionista Vini Silva e com o sopro de Tales Melati.

“Alguns Homens, Algumas Mulheres” – samba, amor e boemia
Evento comemorativo aos 70 anos de Zé da Terreira
Última apresentação dia 15 de novembro, domingo
Horários: a partir das 17h30min / apresentações a partir das 19h
Participação especial Bate e Sopra / Discotecagem: Thiago Lazeri
Espaço Maestro – Doutor Barcelos, 570. bairro Tristeza.
Ingressos: R$15,00 no local

Ficha técnica:
Zé da Terreira e Martina Fröhlich – canto e percussão
Flávio Peres – violão e canto
Tales Melati – saxofone, flauta transversa e canto
Amadeu Medina, Artur Klassmann e Vini Silva – percussão e canto

Fonte: bebê baumgarten / bd divulgação

Juliano Guerra toca o disco “Construção” de Chico Buarque

por José Antonio Magalhães

Amanhã (8 de maio), Juliano Guerra se apresentará no João Gilberto Bar tocando dois discos clássicos da MPB. O primeiro é “Construção”, talvez o disco mais importante de Chico Buarque e recheado de canções clássicas como “Cotidiano”, “Samba de Orly”, “Valsinha” e a faixa título. O segundo, bastante menos famoso (a exceção da sua faixa título, que virou hino), é “Eu quero é botar meu bloco na rua”, do Sérgio Sampaio, compositor considerado maldito na sua geração, junto com figuras como Jards Macalé, Itamar Assumpção e Luís Melodia.

O projeto “Toca o disco inteiro aí!”, da produtora Satolep Circus, já reuniu artistas pelotenses para fazer coveres completos de discos clássicos como “Nevermind” do Nirvana, “Is This It?” dos Strokes e “Whatever people say I am, that’s what I’m not” dos Arctic Monkeys, além do “Transa”, de Caetano Veloso, que foi apresentado mês passado pelo próprio Guerra.

A apresentação antecederá a clássica discotecagem da DJ Helô.

Para quem não conhece Juliano Guerra ou não conhece Sérgio Sampaio, vale a pena o vídeo do primeiro tocando a canção “Roda Morta”.