Cazuza, Raul Seixas e Renato Russo serão celebrados no Theatro Guarany em Pelotas

Show de tributo aos maiores poetas da música brasileira dos anos 80: Cazuza, Raul Seixas e Renato Russo, “Os Imortais” terá apresentação no dia 13 de dezembro, sexta-feria, no Theatro Guarany.

Foto: Sabrina Vieira

Com a missão de celebrar os trinta anos de imortalidade destes inesquecíveis artistas, Valerio Araújo, Dario Aaron e Ayrton Ramos interpretam Cazuza, Renato Russo e Raul Seixas, respectivamente, em uma turnê comemorativa.

Estes interpretes têm carreiras independentes e reconhecidas pelos fãs dos poetas, contudo, se uniram para uma tarefa inédita, realizar o sonho do público de ter Cazuza, Renato Russo e Raul Seixas juntos na mesma noite, no mesmo palco.

Foto Divulgação

Este show tem em seu DNA a era de ouro do Rock Nacional e muita emoção. Os Imortais trazem um roteiro de lindas canções, levando ao público duas horas e meia de clássicos que remetem ao melhor de suas lembranças e memorias afetivas. A emoção é a tônica desse encontro.

Os Imortais estão em turnê pelo Brasil, já tendo passado por algumas cidades e casas importantes como o Teatro Castro Alves em Salvador, e, Palácio das Artes em Belo Horizonte. Os Imortais celebram a vida e a música de nossos maiores ídolos da música contemporânea.

“Os Imortais” em Pelotas
Quando? Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019
Hora? 20h
Onde? Theatro Guarany – Rua Lobo da Costa, 849 – Pelotas RS
Valores e outras informações: Evento Facebook

Os Interpretes

Valério Araújo (Cazuza)
Valério é considerado pelos fãs e até por artistas que conviveram com o poeta como o melhor cover de Cazuza do Brasil, com uma carreira consolidada, Valério já se apresentou nos principais programas de TV do Brasil, além de ter realizado shows em todas as regiões do país e também na Europa, EUA e África.

Ayrton Ramos (Raul Seixas)
Em 1974, Raul Seixas lançava o LP Gita, neste momento, Ayrton foi tocado sensivelmente pelo poeta. Em 1991, Ayrton conheceu em São Paulo o fundador do primeiro e maior fã clube de Raul Seixas e teve o privilégio de conhecer todo acervo do artista, com sua morte, sentiu-se na obrigação de manter acesa na memória das pessoas a extraordinária capacidade de cantar e emocionar do Maluco Beleza.
Ayrton já se apresentou nas principais televisões do país, fez shows em todo o Brasil, além de EUA e África do Sul.

Dario Aaron (Renato Russo)
Desde adolescente, Dario começou a tocar violão com os amigos na escola e logo Legião Urbana passaria a ser o seu grande amor musical. Aos 21anos, Aaron estranhamente carregava os trejeitos e o timbre vocal de Renato Russo, neste período ele fazia shows em barzinhos e sempre ouvia, “toca Legião!”. A similaridade interpretativa com o poeta era tamanha que os pedidos se tornaram objetivo de carreira. Não demorou e Aaron montou sua banda cover do Legião (Monte Castelo). A partir daí vieram convites para apresentações em todo o país, aparições em TVs e, em 2015, ele recebeu Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo em um de seus shows, com quem mantém boas relações até hoje.
Além de tocar nas mais diferentes regiões do país, Aaron já se apresentou também na Cidade do Cabo – África do Sul. Aos 36 anos, coleciona inúmeros shows nos mais diferentes Estados do Brasil, além de belas histórias, leciona música e continua sua empreitada pela preservação da memória de Renato Russo.

Sobre Deco Rodrigues 6130 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*