Entenda como funciona o aplicativo do BikePel em Pelotas

Aluguel dos veículos é feito por aplicativo – Fotos: Michel Corvello

Para usufruir do serviço de aluguel de bicicletas por valores populares, o usuário deve baixar o aplicativo no celular e escolher o módulo de pagamento.

A partir desta segunda-feira (7 de outubro), pelotenses e visitantes poderão utilizar o BikePel para se locomover pela cidade mediante valores populares. Por meio de um aplicativo de celular, o usuário poderá usar uma bicicleta por 15 minutos por R$ 1,50 ou pagar R$ 20 e dispor da bike o mês inteiro.

O serviço de compartilhamento de bicicletas é fiscalizado pela Prefeitura e está a cargo da empresa Serttel, credenciada pelo Poder Público e que investiu na compra de cem veículos, que agora ficam em 14 estações espalhadas pela cidade.

Aluguel dos veículos é feito por aplicativo – Fotos: Michel Corvello

Para destravar as bicicletas e desbravar Pelotas, a população precisa, antes de tudo, instalar o aplicativo do BikePel em seus celulares. A ferramenta já está disponível para download gratuito nas plataformas Android e iOS.

Passo a passo para acessar o BikePel:
1 – Ao abrir o aplicativo, o usuário é convidado a criar sua conta ou efetuar o login para acessar os recursos.

2 – Informações como nome, data de nascimento, CPF, e-mail, telefone e senha são solicitadas para criação da conta.

3 – Caso já esteja cadastrado no aplicativo da Zona Azul – do estacionamento rotativo – o usuário pode fazer o login com o mesmo e-mail e senha, pois ambos serviços são realizados pela Serttel, que conectou os aplicativos.

4 – Após o acesso, o usuário pode consultar as estações mais próximas e verificar onde estão as bicicletas, que transmitem via GPS sua localização a cada 30 segundos. Na parte inferior da tela um ícone convida o usuário a fazer a Assinatura do serviço.


5 – Umas das opções é o pacote mensal, em que o usuário investe R$ 20,00 e pode andar de bicicleta quantas vezes desejar, desde que respeite o tempo de até 30 minutos de viagem contínua com 15 minutos de intervalo.
6 – Caso não queira o pacote mensal, o usuário tem a opção de colocar crédito em sua conta para utilizar o BikePel com valor de R$ 1,50 por viagem. Na parte inferior há o ícone Mobilicidade, e na tela seguinte o usuário deve acessar o ícone Carteira.
7 – Os usuários podem comprar créditos nos valores de R$ 5,00, R$ 15,00, R$ 20,00, R$ 25,00, R$ 30,00 ou R$ 35,00.
8 – Tanto para a opção de Assinatura, quanto compra de créditos, o usuário precisa cadastrar um cartão de crédito para efetuar o pagamento dos valores. A Serttel garante que o sistema é verificado e seguro.
9 – Na parte inferior da tela inicial, ao lado do ícone Assinatura, há o ícone Avulso. A partir dele o usuário tem acesso à câmera e consegue fazer a leitura do código de identificação das bicicletas, que fica na parte detrás do banco. Realizada a leitura, o sistema pede uma confirmação e, então, dá sinal para que o passeio comece.

A viagem também pode ser iniciada quando o usuário clica na miniatura da bicicleta. Da mesma forma, o aplicativo abre a câmera do celular para que o processo ocorra.
|
Fonte: pelotas.com.br

Sobre Deco Rodrigues 6081 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*