Papo Cult com Vicente (Pimentero) Botti

No primeiro Papo Cult de 2010 o e-Cult escolheu um convidado “multicultural”. Vivente Botti ou Vicente Pimenteiro (Apelido que vem ganhando força de nome artístico), nascido no Uruguai, quando ainda criança, durante os carnavais da antiga Montevidéu, criou-se em meio aos tablados de Murgas teatrais e Cuerdas de Candombe.Vicente é vocalista da banda Pimenta Buena, Produtor Cultural, e conhecido por seu talento na área gastronômica. Aproveitem e entrevista com este picante personagem da cultura pelotense.

_mg_5309e-Cult: Vicente por ele mesmo?
Vicente: Gosto de sonhar e materializar, sempre imagino um feito e depois corro atrás, muitas vezes afirmo ele antes de acontecer e a energia quântica corre ao meu favor, subo as escadas que levam para o céu de forma vagarosa, como por exemplo uma receita maravilhosa de cozinha, onde demora-se muitas horas de preparação para poucos minutos de êxtase. Mas nada desta teoria serve sem muito trabalho.

e-Cult: O que podemos esperar para o segundo CD da Pimenta Buena?
Vicente: Existe uma postura mais madura e ao mesmo tempo enlaçada com a realidade comercial que o mercado exige, embora esta mesma evolução parte do valor cultural dos músicos que a integram, refinamos nossos gostos e ouvidos a cada dia, o que para o CD será fantástico. Entram componentes eletrônicos numa etapa onde priorizamos a qualidade e não deixamos a poesia latina de lado, marca que manteve a Pimenta perto dos corações de seus fãs.

e-Cult: Como nasceu a Festa Cult?
Vicente: Vista a necessidade de lugares que remetessem a arte como os extintos bares Dom Quixote; Porto das Artes; Mafuá; Fondo Blanco; entre outros, decidi regredir no tempo e levar esse sonho para uma noite que tivesse cinema alternativo e muita boa música; e que reuni-se pessoas dessas gerações que ficaram órfãs de ambientes que exalassem cultura, dando a elas assim uma oportunidade especial e ainda proporcionando á cultura local um evento que caracterizasse a arte.

e-Cult: Qual foi o diferencial do Cult Festival?
Vicente: A inclusão de novas gerações na idéia. Num momento que se somam os Freak Brotherz e os Meigos, Vulgos & Malvados, a festa toma outra proporção e possibilita a expansão da idéia para outras comunidades da música.

vicentebandae-Cult: Novos projetos ainda em 2010?
Vicente: Além do EP nada original que antecipará ao público o novo momento da Pimenta Buena, estou a fundo com o projeto Pimentero & Bermúdez, faremos uma série de shows ao ar livre durante o ano, levando ao público pelotense um pouco da trivialidade uruguaya, por outro lado estamos em fase de pré-mixagem do CD Cult Festival, tenho recebido uns três convites para participações em CDs de artistas locais. E no meio da gastronomia, que continua sendo uma de minhas paixões, estou começando com o projeto pizzaiolo a doicílio, tentando levar de forma intimista as deliciosas pizzas artesanais do Fondo Blanco, restobar que conduzi com minha esposa entre 2004 e 2007.

e-Cult: Qual sua opinião sobre a atual política cultural em Pelotas?
Vicente: Primeiramente queria colocar que, como produtor cultural, sempre que recorri à prefeitura para pedir apoio eles e deram.

Estou de acordo com a vigília cultural, e acredito que temos pessoas muito competentes para assumir o cargo atual da secretaria de cultura.
Mas o que realmente me impressiona é a pouca força que a iniciativa privada dá para a cultura, sempre os mesmos eventos, repetindo e dando ao povo as mesmas coisas que ouvíamos e digeríamos há vinte anos atrás, acredito que para fortalecer a cultura local, deve se apostar nos jovens promotores da cultura, tem muita gente se virando e como diz o ditado “tirando leite de pedra”.

vicentee-Cult: Algumas palavras para os leitores do e-Cult?
Vicente: A televisão é um mito que está morrendo, leva ao tédio e a coisas piores como falta de personalidade, leiam mais, inventem seus próprios blogs, e principalmente não esqueçam que há uma natureza incrivelmente renovadora lá fora…

Depois voltem ao e-Cult correndo, pois mais do que uma leitura virtual cultural é uma leitura inteligente. Obrigado pela oportunidade.

Visite:
www.pimentabuena.com

Foto 01: Marcel Avila
Fotos 02 e 03: Cacalo

Deco Rodrigues – Equipe e-Cult

Sobre Deco Rodrigues 6329 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.