Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense lembra Octavio Paz

Nesta terça-feira, 10, às 19h30, dentro da programação de aniversário de 140 anos da Bibliotheca Pública Pelotense, o autor homenageado será Octavio Paz, poeta mexicano ganhador do Nobel de Literatura de 1990.

Desde sua 01ª edição em maio de 2010, o Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense tem atraído diversos autores e músicos locais e regionais que, de forma informal e participativa, interagem com o público presente. O autor homenageado será Octavio Paz, poeta mexicano ganhador do Nobel de Literatura de 1990. Considerado um dos maiores escritores do século XX, publicou mais de 20 livros de poesias, ingressou aos 31 anos no serviço diplomático do México, o que o fez ter maior contato com outros literários e artistas, além de diversos movimentos artísticos mundiais. Na França, por exemplo, acompanhou o surrealismo e tornou-se amigo de André Breton, um das referências no estilo. Como escritor, aventurou-se no campo da escrita automática, estilo que procura evitar a escrita consciente do autor, permitindo um fluxo livre do texto e completamente dado ao acaso. Liberdade essa que foi criada pelos dadaístas e muito bem absorvida pelos surrealistas. Também foi autor de poesias de vanguarda, só que mais concisas e objetivas, respeitando o uso preciso da função poética da linguagem.

Na mesa, os poetas Angela Santos, Darli Dias Moreira, Fábio Amaro da Silveira Duval e Zilá Sedrês de Moraes recitam poesias próprias. A música de Luciante Casaretto entrelaças os blocos. No final, o programa prevê a participação do público que pode recitar poesias de sua autoria.

O QUÊ: 46ª Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense
QUANDO: 10 de novembro, às 19h30
ONDE: Salão Nobre da Bibliotheca Pública Pelotense
Entrada Franca

Cartaz Sarau 2015

Sobre Deco Rodrigues 6376 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.