Sarau Mandinga + Lançamento do livro “8 horas por dia” de Ju Blasina em Pelotas

No próximo sábado, 25 de novembro, pós 19h no Pagu Art Bar em Pelotas, acontece o Sarau Mandinga com lançamento do livro “8 horas por dia” (Concha Editora) da poeta Ju Blasina.

O evento tem entrada franca e o primeiro bloco será dedicado à apresentação do livro, a partir daí microfone aberto para a participação de todos. No Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, o coletivo Mandinga Arte Cultura convida a todos para que leiam mulheres.

23658700_1532939573458667_2042448180864076131_nJu Blasina
Mulher, feminista, mãe, bióloga por formação, poeta por condição, alquimista amadora e escrava da Netflix nas horas vagas, Juliana Ruas Blasina nasceu na Porto Alegre dos anos 80. Publicou seu primeiro livro de poemas aos oito anos, em cartolina cor-de-rosa, encadernado do lado errado. Vive em Rio Grande onde toca uma barbearia com o marido na garagem de casa. Publica em meios digitais e alguns jornais da região sul do Rio Grande do Sul desde 2009. Foi por anos cronista colaboradora do Caderno Mulher (Jornal Agora, Rio Grande) e da Revista Samizdat, além de integrante do grupo Mandinga Arte Literatura, com o qual levou pelo Estado o projeto Poesia no bar. Tem dois e-books publicados de forma independente (2010 e 2014), vinculados ao blog P+2T. Para Ju Blasina, o livro 8 horas por dia é “um sonho encadernado do lado certo”.

Sarau Mandinga com lançamento do livro “8 horas por dia” da poeta Ju Blasina
Quando? 25 de Novembro de 2017
Hora? pós 19h
Onde? Pagu Art Bar – Rua Três de Maio, 711 – Pelotas/RS
Quanto? Entrada Franca
Realização? Mandinga Arte Cultura

Editora Concha
A Concha é uma editora independente ligada à Mundo Moinho (www.mundomoinho.com.br), produtora artística de Rio Grande – RS, e existe para colaborar com a circulação de literatura, com a formação de escritores e com a ampliação de público leitor a partir da cidade papareia. Literatura contemporânea e crítica literária são nossos principais interesses. Projetos acadêmicos e experimentos em arte também têm nosso coração. Já foram publicados pela Concha os títulos Antes que o mundo aconteça, de Daniel Baz (poemas, 2016), Histórias de vento, mar e amor, organizado por Joselma Noal (contos, 2017) e 8 horas por dia, de Ju Blasina (poemas, 2017).

8 horas por dia (uma prévia)

Tricot

Desfazer velhos sonhos
como quem puxa a ponta solta
do velho agasalho de lã

Enrolar metros e metros
de fio, de novo e de novo
até ter nas mãos um novelo

Olhar para ele
como se fosse a primeira vez

Tecer com ele uma nova peça
que ao menos sirva

Durante a próxima estação.

Poema do amor banal

Perdoe-nos, poeta
mas hoje vivemos num tempo
de tanta pressa e tão pouca virtude
de desejos tão rasos e dizeres rudes

que das costelas fez-se grades
do corpo, o próprio leito:
viver agora é estar preso dentro do peito

e o coração apertado se debate
como quem ora tem ânsia de morrer
ora se ilude

a vida agora anda de um jeito
que temo não mais sabermos amar amiúde.

Turvos

Feito fumaça negra no céu azul
a raiva consumia as meninas
– e onde antes o amor era tudo o que se via

agora isso… um abismo absurdo

era triste admitir que já não havia
lá espaço a miniatura alguma
dela refletida

nem uma lágrima sequer contida nos cantos curvos

e naqueles olhos que um dia foram tão claros
– de um verde esperança tão raro
hoje se viam vazios e turvos

PUBLICIDADE

“Carvanal, Purpurina e Resistência” será tema de Sarau em Porto Alegre

Carnaval é tema do Sarau de Inverno da Casa do Artista Riograndense, evento ocorre no sábado, 26 de agosto, com entrada franca.

Artista Marcos Hatsek. Foto: Niágara Braga
Artista Marcos Hatsek. Foto: Niágara Braga

No sábado, 26 de agosto, ocorre o próximo Sarau de Inverno da Casa do Artista Riograndese. Com o tema “Carvanal, Purpurina e Resistência”, o evento trará apresentações de grandes destaques da folia de Porto Alegre. Confira abaixo os artistas já confirmados. As atividades iniciam às 15h, na Rua Anchieta, 280, bairro Glória. A entrada é franca, mas a Casa aceita doações de alimentos não perecíveis.

Mais informações podem ser obtidas no site www.casadoartistars.com.br ou na página fb.com/casadoartistars. A edição conta com o apoio do Sindimusirs e ASDIBA.

Já estão confirmadas onze atrações para o Sarau de Inverno. Entre os destaques da programação, estão a apresentação de dança do grupo Brasil Estrangeiro, coreografia do 1º passista da Escola de Samba Bambas da Orgia, show de percussão com a Associação dos Diretores de Bateria POA/RS (ASDIBA), entre outros. Além da tradicional interpretação de radioteatro por grandes nomes da Era de Ouro do rádio, como Wilson Gomes, Maria Ieda e Joemi Garcia.

A Casa do Artista Riograndense realiza os saraus em periodicidade bimestral. Esses eventos são uma forma de valorizar a arte, os artistas residentes e solidários, promover a cultura e auxiliar no sustento da instituição, que sobrevive apenas de doações. Não é cobrada entrada para assistir às apresentações, mas quem desejar, pode colaborar com a casa por meio de doações de alimentos não perecíveis, litro de leite ou quantias financeiras.

Artista Jairo Klein. Foto: Niágara Braga
Artista Jairo Klein. Foto: Niágara Braga

Casa do Artista Riograndense (CAR)
Fundada em 1949, pelo radialista e músico Antônio Francisco Amábile, com o apoio de artistas de diversas áreas, a CAR é uma entidade assistencial sem fins lucrativos, qualificada como de utilidade pública municipal e estadual. Tem por finalidade, prevista em seu Estatuto Social, oferecer abrigo para artistas com mais de 60 anos em situação financeira instável. Proporciona moradia e alimentação, condições de bem-estar, lazer e cultura para os idosos que nela residem.

Sarau de Inverno – Carvanal, Purpurina e Resistência
Quando? 26 de agosto de 2017 – sábado
Horário? A partir das 15h
Onde? Casa do Artista Riograndense – Rua Anchieta, 280 – Glória – Porto Alegre RS
Entrada franca
* A Casa aceita doações de alimentos não perecíveis.

Atrações confirmadas
Everton Rataescki – Intérprete Restinga
Renan Ludwig – Intérprete Restinga
Paulinho Durão – Intérprete
Cláudio barulho – Intérprete Restinga
Luiza Helena – Cantora
Jose Carlos Silveira – Cantor
Carlos Henrique – Bailarino, 1º passista Bambas da Orgia
Baianas – Apresentação de dança
Associação dos diretores de bateria POA/RS – Show de Mini Bateria
Grupo Brasil Estrangeiro – Apresentação de dança
CAR – Radioteatro (Wilson Gomes, Maria Ieda, Joemi Garcia, e outros)

Fonte: Niágara Braga

Sarau propoe viagem pela história de Pelotas através do escritor João Simões Lopes Neto

Histórias de ontem, riquezas de hoje” faz panorama do escritor João Simões Lopes Neto. Acontece nesta segunda-feira (5) na Bibliotheca Pública Pelotense, às 19hs.

Evento promovido pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, “Histórias de ontem, riquezas de hoje”, uma viagem pela história de Pelotas através do escritor João Simões Lopes Neto, com apresentação do ator Vagner Vargas.

Foto: Marcel Avila
Foto: Marcel Avila

O ator pelotense Vagner Vargas foi escolhido para coordenar o evento em Pelotas devido sua proximidade com João Simões Lopes Neto, pois interpretou o escritor na sua fase jovem no filme “João Simões Lopes Neto – Entre o Real e o Imaginado”, dirigido por Pedro Zimmermmann, dentro do Projeto de filmagens dos Contos Gauchescos, com produção e direção de Henrique de Freitas Lima.

Matéria completa em www.cultive-ler.com.

 

Vitor Ramil no aniversário de 17 anos do Sarau Elétrico em Porto Alegre

Na próxima terça-feira, 19 de julho, Porto Alegre estará em comemoração por conta do aniversário de 17 anos do Sarau Elétrico, que inicia às 21h no Ocidente e conta com a participação de Vitor Ramil, com direito a canja.

Vitor Ramil lendo o e-cult Impresso - Foto: Kelly Schmidt
Vitor Ramil lendo o e-cult Impresso – Foto: Kelly Schmidt

Quantas linhas, páginas, capítulos, quantos livros o Sarau já leu? Impossível saber. Livro não se conta pelo censo do IBGE, mas pelo que deixou na gente. E essa é a melhor razão para comemorar 17 anos de noites de terça no Ocidente com uma sessão de luxo e um convidado para lá de especial: VITOR RAMIL.

Tudo com as leituras – e as lembranças – de LUÍS AUGUSTO FISCHER, DIEGO GRANDO e KATIA SUMAN. SARAU DOS 17 ANOS. Se rolar aquela lágrima no canto do olho, não é gripe, é poesia mesmo.

SARAU ELÉTRICO DOS 17 ANOS
Quando? 19 de julho de 2016 – terça-feira
Hora? 21h
Onde? Ocidente – Porto Alegre
Quanto? 15 pila
TE LIGA NO HORÁRIO DE INVERNO: COMEÇA ÀS 21h MESMO!!!
O bar abre às 20h e serve sopinha, vinho, esfiha e chapati.

Ouça o Sarau na www.radioeletrica.com

Foto Sarau Elétrico
Foto Sarau Elétrico

Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense

O Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense comemora nesta terça-feira, 31 de maio, a passagem dos seus cinco anos de criação. E para marcar a data, homenageia o alagoano Jorge Mateus de Lima. Médico, político, pintor e poeta, Jorge de Lima foi um modernista interessado nas matrizes africanas da cultura brasileira.

Conhecido pelo poema Essa Negra Fulô, de 1928, concebeu sua obra máxima em 1952, o épico Invenção de Orfeu, um vasto poema em dez cantos com uma diversidade enorme de formas, ritmos e intertextos. Em 1953, meses antes de morrer, gravou poemas para o Arquivo da Palavra Falada, da Biblioteca do Congresso de Washington, nos Estados Unidos. Completam a programação do Sarau, as poesias dos convidados Andréa Lunes, Carla Dias, Ilmo Nascente e Wasil Sacharuk e a música dos Baobás do Fim do Mundo.

A atividade tem início às 19h, com entrada gratuita.

Sarau Poético (1)

 

Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense lembra Octavio Paz

Nesta terça-feira, 10, às 19h30, dentro da programação de aniversário de 140 anos da Bibliotheca Pública Pelotense, o autor homenageado será Octavio Paz, poeta mexicano ganhador do Nobel de Literatura de 1990.

Desde sua 01ª edição em maio de 2010, o Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense tem atraído diversos autores e músicos locais e regionais que, de forma informal e participativa, interagem com o público presente. O autor homenageado será Octavio Paz, poeta mexicano ganhador do Nobel de Literatura de 1990. Considerado um dos maiores escritores do século XX, publicou mais de 20 livros de poesias, ingressou aos 31 anos no serviço diplomático do México, o que o fez ter maior contato com outros literários e artistas, além de diversos movimentos artísticos mundiais. Na França, por exemplo, acompanhou o surrealismo e tornou-se amigo de André Breton, um das referências no estilo. Como escritor, aventurou-se no campo da escrita automática, estilo que procura evitar a escrita consciente do autor, permitindo um fluxo livre do texto e completamente dado ao acaso. Liberdade essa que foi criada pelos dadaístas e muito bem absorvida pelos surrealistas. Também foi autor de poesias de vanguarda, só que mais concisas e objetivas, respeitando o uso preciso da função poética da linguagem.

Na mesa, os poetas Angela Santos, Darli Dias Moreira, Fábio Amaro da Silveira Duval e Zilá Sedrês de Moraes recitam poesias próprias. A música de Luciante Casaretto entrelaças os blocos. No final, o programa prevê a participação do público que pode recitar poesias de sua autoria.

O QUÊ: 46ª Sarau Poético Musical da Bibliotheca Pública Pelotense
QUANDO: 10 de novembro, às 19h30
ONDE: Salão Nobre da Bibliotheca Pública Pelotense
Entrada Franca

Cartaz Sarau 2015

Rui Carlos Ávila no Sarau Poético-Musical na B.P.P.

Música ao vivo, poesia recitada e exposição sobre a obra do autor-poeta em destaque compõem o roteiro do evento que, nesta terça (13), encerra o calendário cultural 2011 da Bibliotheca Pública Pelotense. Com entrada franca – como é regra na Casa – e inicio às 19:30 horas, a XVIII edição do Sarau Poético-Musical BPP tem como tema a obra de Aureliano de Figueiredo Pinto ( 1898 -1959), uma das grandes referências da poesia regionalista do RS. A edição especial que fecha a programação do ano apresenta como convidados o professor de literatura (UFPel)João Luis Ourique, os poetas Delci Oliveira e Juarez Machado de Farias e o cantor Rui Carlos Ávila.

O QUE – XVIII edição do Projeto Sarau Poético-Musical BPP.
QUANDO E ONDE: 13 de dezembro de 2011, no salão térreo da Bibliotheca Pública Pelotense. Entrada franca. Inicio às 19:30 horas.

CONVIDADOS

AUTORES-POETAS
Delci Oliveira
Juarez Machado de Farias

MÚSICA
Rui Carlos Ávila

POETA EM DESTAQUE
Aureliano de Figueiredo Pinto ( 1898-1959)

CONVERSA SOBRE O AUTOR DESTACADO
João Luis Ourique
Professor de Estudos Literários / Centro de Letras e Comunicação da UFPel

Realização
Bibliotheca Pública Pelotense

Parceiros Institucionais / PROJETO SARAU
Confraria dos Poetas de Jaguarão
Faculdade de Educação / UFPel
Faculdade de Letras / UFPel
Instituto Estadual de Educação Assis Brasil
RADIOCOM 104.5FM
TV UCPEL

Sarau Poético na BPP nesta terça-feira (25)

Terça,  25 de outubro, tem mais uma edição do Sarau Poético da Bibliotheca Pública Pelotense, desta vez em homenagem ao poeta Manoel de Barros, cuja obra será destacada por Carlos Cogoy. Os autores-poetas convidados são Alex Cruz, Mário Feijó, Rogério Nascente e Sérgio Madeira. A música fica por conta de Dija Vaz. O evento se inicia às 19h30min e tem entrada franca. Na sexta, a BPP promove o projeto Conversa Sobre Livros, com Jorge Braga e Joaquim Moncks como convidados.

Fonte: diariopopular.com.br

 

XV Sarau Poético-Musical da Bibliotheca Pública Pelotense

Um dos nomes mais lembrados e homenageados da literatura nacional, Cecília Meireles (1901-1964) é a autora em destaque na XV edição do Sarau Poético-Musical da Bibliotheca Pública Pelotense (BPP), na noite da próxima terça (04). Com entrada franca, o evento começa às 19:30 horas, com uma breve fala sobre obra e vida da poeta destacada. Na sequência, em forma de blocos alternados, música ao vivo e poesia recitada. Criado em maio do ano passado, o projeto da BPP realiza eventos mensais, sempre com a presença de quatro autores-poetas de Pelotas e região.

O QUE – XV edição do Projeto Sarau Poético-Musical BPP.
QUANDO: 04 de outubro de 2011
ONDE: Salão térreo da BPP – Praça Cel Pedro Osório, 103 – Centro.
Entrada franca. Inicio às 19:30 horas.

CONVIDADOS

Música
Elson Dias
Willian Vieira

Autores-poetas
Angélica Freitas
Katherine Hernandorena
Marta Gottinari
Tabajara Rodrigues de Carvalho

POETA EM DESTAQUE
Cecília Meireles ( 1901 – 1964)

Realização
Bibliotheca Pública Pelotense

Coordenação Projeto Sarau Poético BPP
Daniela Pires de Castro
Getulio Matos
Mara Agripina Ferreira
Pedro Moacyr Perez da Silveira

Parceiros Institucionais
Confraria dos Poetas de Jaguarão
Faculdade de Educação / UFPel
Faculdade de Letras / UFPel
Instituto Estadual de Educação Assis Brasil

Apoiadores Culturais
Labore Engenharia
REVISTASEJA.BLOGSPOT.COM
RádioCOM.104.5FM
STUDIO CDs
Centro de Estudios en Lengua Española

Sarau Libertário no Pub Amsterdam em Pelotas

Nesta quarta-feira, 21 de setembro, a partir das 21h, acontecerá mais um Sarau Libertário, um evento onde se encontram literatos, músicos e enxadristas a fim de compartilhar momentos agradáveis entre amigos.

A ideia é transitar por locais de entretenimento noturno que tenham aproximação com esta proposta. A primeira edição ocorreu durante o Lançamento do Festival de Inverno de Pelotas, na Cervejaria Santa Martha. Desta vez, o local visitado será o Pub Amsterdam, que fica na Gonçalves Chaves, 410 (entre Telles e Dom Pedro II).

O Sarau Libertário é voltado a todos que queiram se manifestar artisticamente e quem quiser participar será bem-vindo! O microfone estará aberto, é só chegar!

Também a Confraria do Xadrez convida os interessados a levarem seus tabuleiros e suas melhores jogadas.

Até a meia-noite, a entrada é livre . A partir deste horário, haverá show do Grupo Bebadosamba, em comemoração ao aniversário da vocalista Landa Ciccone. O ingresso para o show é R$5,00

O QUÊ: Sarau Libertário – literatura | música | xadrez
QUANDO: 21/09 – das 21h a meia-noite
ONDE: Pub Amsterdam Night House | Gonçalves Chaves, 410 (entre Telles e Dom Pedro II).
QUANTO: Livre | Após meia-noite show com Bebadosamba a R$ 5,00.